g2h

level

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Azeitona Jurema verde ou preta

Azeitona Jurema verde ou preta com certeza você já viu nas prateleiras no mercado Brasileiro.
Grupo Goiás Verde.

Conheça um pouco sobre o Grupo Goiás Verde.

Em 1981, com coragem e empreendedorismo, a família Boni iniciou as atividades no agronegócio nas cidades de Luziânia
e Cristalina no Estado de Goiás, com as culturas de soja, arroz, feijão e milho comercial.

Com mais de 30 anos no mercado, o Grupo Goiás Verde é destaque na América Latina por ser uma das maiores
produtoras individuais de tomate e milho doce em área irrigada, contando atualmente com mais de 60 pivots centrais.

O projeto de sustentabilidade, com reaproveitamento dos co-produtos, possibilita a produção de biodiesel, ração para o gado, adubo orgânico e biomassa para geração de energia nas caldeiras, além da reutilização da água para irrigação.
Os investimentos na agricultura, pecuária, beneficiamento de grãos e industrialização de produtos alimentícios, permite que a Goiás Verde Alimentos tenha o controle de todo o processo produtivo por meio da verticalização de suas atividades, garantindo o abastecimento constante dos seus produtos ao longo do ano.

A localização dos parques industriais próximo às áreas de cultivo das matérias primas possibilita o processamento das culturas de tomate e milho doce imediatamente após a colheita, mantendo a qualidade, o frescor e o sabor natural dos alimentos.

Além das marcas Bonare, Goiás Verde e Tomadoro premium, em 2012, com a aquisição das marcas Jurema,
Jussara, Tomatino e Terra Bella e de mais uma planta industrial, a Goiás Verde Alimentos dobrou sua
capacidade produtiva, oferecendo um diversificado mix de produtos tanto para o mercado interno quanto para o externo.
http://www.goiasverde.com.br/

Com alto teor de gordura das azeitonas, das quais 75% é ácido oleico, uma gordura monoinsaturada que consegue
baixar os níveis de colesterol no sangue.

Pesquise no Google

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge

Pesquise no Google